Agradecendo aos Poetas pela oportunidade de homenagear,
não apenas o meu Ceará, mas minha Fortaleza amada.

(Praia do futuro)


O CEARÁ!
José Geraldo Martinez

Ajoelhado no asfalto quente,
em meio aos arranha-céus...
É clara a confusa mente,
à sombra do seu chapéu!

Tenta plantar ali,
algumas sementes de milho...
Resmunga sozinho e espanta demônios!
Sobre a vigília de funcionários
de um qualquer manicômio!

Demora a TV e o
Ceará continua!
Verdade nua e crua...
A plantar sua roça na rua!

Olhares atentos da população!
Judiação...
Ceará reclamando da poluição!

Pensava ele:
passava fome, não tinha
emprego, não tinha nome...

O que fizeram com o Ceará?
Ontem choveu ,
o dia amanheceu ...
Hora de plantar!

No sinal verde daquele semáforo,
escutei ainda o seu desabafo:
Vou-me embora minha gente
pra São Paulo eternamente!
Lá vou ter de tudo,
lá que é terra de gente!

Seguiu indigente
aos focos da TV.
Gostava do barulho das sirenes.
Louco, lunático e demente...
Ainda parecendo contente!


Meu Ceará real
Fanete Costa

Quisera eu entender
ou até mesmo ver
o que o homem dessas demais regiões
Norte, Sul, Centro Oeste ou sudeste
ver como menor na região Nordeste

Poderia aqui catalogar
os problemas de todas as regiões
mas para não me alongar
pego São Paulo, por exemplo,
onde aquela infeliz criatura
teve a grande desventura
do repudio pelo cearense citar

O ceará é escasso de chuva
isso não nos faz nos envergonhar
São Paulo transborda, e daí?
Eu, como cearense teria o direito
de pela água e poluição os crucificar?

Temos a fome no sertão, é fato
No entanto, temos a coragem do bravo
que da sorte não desiste
esse trabalhador deveria ser lembrado
mas como o verdadeiro herói
que pela sorte persiste

O que nos torna menores?
Onde o dó entra nessa historia?
Também temos uma Raquel de Queiroz!
Um Raimundo Fagner e um Belchior
fora os demais artistas
que na musica registram vitorias

Temos grandes comediantes,
Como os homens que na política
fizeram e ainda fazem historia.
Celebres da medicina,
hospitais referencialmente reconhecidos
somos procurados e recebemos
de todas as partes do Brasil
para a cura e transplantes.

Temos a seca sim
Mas também ‘trocentas’ praias
onde o turista aporta
com calorosa acolhida são recebidos
ora, temos carnaval!

Quem diagnosticou que o sofrimento
não dignifica e valoriza o homem?
Quem ensinou e provou
Para aquela pobre mocinha
que humano é menosprezar,
é querer extinguir e ver morrer
sua imagem e semelhança?

Do ‘Meu Ceará real’ tenho orgulho
existe um Tiririca, e por que não?
Querendo ou não, eis a questão!
Está lá onde colocaram
viu, mocinha de São Paulo!
E querendo ou não
ele foi denominado por Deus
um ser humano e um seu irmão!

Isso não é despeito
a todos os brasileiros sem distinção
amo e respeito, mas
o orgulho de ser ‘cearense brasileira’
carrego aqui dentro do peito!


SOU DO CEARÁ
Tarcísio Ribeiro Costa


Sou do Ceará,

é lindo!
Tem a praia de Iracema, em Fortaleza,
Uma beleza,
pode ser um tema
para um poeta cantar
num belo poema!

A Praia do Futuro
fica depois do Mucuripe,
onde os navios
cansados aportam,

Vem, depois, o Morro Branco e Praia das Fontes
onde o sol é atenuado pelo carinho da brisa
que está sempre a lhe mimar,
A Canoa quebrada de renome internacional,
Verdade!
E Jericoacoara, uma das mais belas do mundo,
Assim se diz pelo mundo a fora...

Mas, porque deixar de fora o meu interior
que me viu nascer!
É a linda Ubajara,
no planalto da Ibiapaba
abençoada pelos pagés tabajaras!
Lá é muito importante!
Tem um parque nacional,
é o menor do país,
mas, quem sabe, o mais belo...
Lá tem uma gruta misteriosa,
ela fica no sopé do planalto.
lá encontram-se
a rusticidade e a tecnologia,
sabe por quê?
A gente chega lá
de bondinho elétrico,
que chamam de teleférico!

Não quero esquecer o Boi Morto,
É um rio por onde deslizam as águas
límpidas que, como os todos os rios,
nos fazem pensar,
e nos dão uma certa nostalgia...
Vá lá!
Conheça o o meu Ceará,
Você vai gostar!

 

                                    

É proibida a reprodução total ou parcial do material contido
neste site sem a expressa autorização do autor.
Copyright©2012, Fanete Costa

Designer Fanete Costa                                                    Webmaster corcel negro.®